quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Greve da Polícia Civil continua e mais serviços são paralisados pelos agentes




Com a presença de dois mil policiais civis do DF, segundo o Sinpol (Sindicato dos Policiais Civil do DF), a categoria decidiu pela continuidade da greve até a próxima sexta-feira (11). A paralisação começou no dia 1º de setembro.

Segundo o sindicato, os policiais não vão mais emitir e nem entregar carteiras de identidade. Além disso, não haverá mais o recolhimento de corpos por morte natural. Também durante a greve, o IML só emitirá laudos cadavéricos.
Na sexta-feira, a categoria volta a se reunir em mais uma assembleia, prevista para as 14h30, em frante ao Palácio do Buriti.

Os policiais civis do DF exigem a assinatura de uma mensagem, pelo governador 
Rodrigo Rollemberg, na qual o GDF garanta a manutenção da isonomia entre a Polícia Civil do Distrito Federal e a Polícia Federal, a nomeação dos 427 aprovados no último concurso e a normatização das remoções dentro da instituição. A Justiça determinou o fim da greve sob risco de aplicação de multa, mas o Sindicato dos Policiais Civis afirma que não foi notificado da decisão. 

Fonte: R7
← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 comentários:

Postar um comentário