sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Ministros de Dilma já consideram impeachment não apenas possível, mas provável



De acordo com o monitoramento feito pelo PT, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), rejeitará os pedidos de impeachment, inclusive do jurista Hélio Bicudo, um dos fundadores do PT. Então, deputados da Frente Pró-Impeachment, com 280 votos, recorreriam ao plenário para votar pela admissibilidade do impeachment, o primeiro passo para o afastamento de um presidente. Conforme destaca um senador ouvido pela colunista, foi a partir da aprovação da admissibilidade do impeachment de Fernando Collor de Mello em 1992 que as pessoas foram às ruas para tirá-lo do poder, e o mesmo pode acontecer com a presidente.
← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 comentários:

Postar um comentário