quinta-feira, 17 de setembro de 2015

"O cidadão não pode fazer o papel da polícia", diz representante da OAB sobre presa levada no porta-malas





Secretário geral da OAB-RS, Ricardo Breier, diz que transporte de presa pela vítima, depois de assalto na Capital, colocou todos em risco. Entidade defende investigação



O caso de uma suspeita de assalto que precisou ser transportada no porta-malas do carro de uma das vítimas, na Zona Norte de Porto Alegre, pela ausência de viaturas da Brigada Militar, foi considerado pela OAB/RS simbólico para refletir o atual momento da segurança no Estado.

— Reflete a ausência de uma política forte na área da segurança. Uma crise estrutural generalizada nas nossas polícias — aponta o secretário geral da entidade, Ricardo Breier.

← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 comentários:

Postar um comentário