sábado, 5 de setembro de 2015

Vereadores autorizaram por unanimidade a alteração do estatuto da corporação




A previsão da prefeitura é que até o fim do primeiro semestre de 2016 os guardas já estejam portando armas. Para isso, precisará ser contratada uma empresa que irá fazer o treinamento e preparar o efetivo de 177 funcionários da corporação. Mas o problema é que a prefeitura ainda não dispõe da verba total para realizar o processo. O custo estimado de implantação do armamento é de quase R$ 500 mil.
← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 comentários:

Postar um comentário